Radio Havana Cuba

Uma voz de amizade que percorre o mundo

  • Siga-nos em

#NoMasBloqueo #SolidaridadVsBloqueo

Novos acordos entre Cuba e Rússia

Cuba e Rússia consolidaram sua parceria por meio de numerosos projetos conjuntos no âmbito da Feira Internacional de Havana FIHAV 2016. A maior bolsa comercial da América Latina foi o cenário da assinatura de dois novos contratos que viabilizarão o fornecimento de aparelhos de rádio Vira para as telecomunicações aeronáuticas, e a modernização da indústria açucareira cubana.

A Feira, que contou com vasta presença de firmas russas, abrigou uma rodada de negócios entre empresários russos e cubanos nas áreas de maior perspectiva.

Os representantes de Cuba escutaram muitas propostas do empresariado russo tendo em vista a diversificação das relações bilaterais, que, segundo afirmou o ministro cubano de Comércio Exterior e Investimento Estrangeiro, Rodrigo Malmierca, continuam evoluindo com um trabalho intenso de ambas as partes.

Nos últimos anos, as duas nações trabalharam juntas na modernização da indústria cubana e o transporte ferroviário em Cuba, este último considerado um setor de grande importância estratégica para o desenvolvimento da economia e necessitado de uma notável melhora.

Nesta direção, Rússia e Cuba assinaram, em setembro passado, um acordo para a compra de 75 locomotivas russas e o conserto de igual número até 2021.

Moscou também Concedeu crédito para a montagem de quatro blocos geradores de eletricidade para a ampliação e modernização da empresa siderúrgica José Marti, mais conhecida como Antillana de Acero, em Havana.

A verdade é que as relações econômicas e comerciais continuam se ampliando e se trabalha intensamente desde que os presidentes Raúl Castro e Vladimir Putin acertaram fortalecer a colaboração entre as duas nações, durante a visita, em 2014, do chefe de Estado russo a Havana.

No ano passado, Raúl Castro viajou a Moscou para participar dos festejos pelo 70o aniversário da vitória da ex-União Soviética e seus aliados sobre a Alemanha nazista. Aquela ocasião foi propícia para comemorar, também, o 55o aniversário de estabelecimento das relações diplomáticas entre as duas nações.

Igualmente, naquela visita, foi avaliado o andamento da cooperação econômica e as perspectivas da mesma.

As duas nações trabalham em parceria para dar um salto qualitativo à cooperação, definida como associação estratégica pelos dois governos, e potenciar o comércio.

A Rússia está interessada em fomentar a presença em seu mercado de produtos cubanos da indústria farmacêutica e biotecnológica, reconhecidos em nível mundial por sua provada eficácia.

Sem dúvida, FIHAV 2016 foi um cenário apropriado para que Cuba e Rússia reafirmassem seu interesse em continuar consolidando e diversificando as relações nas áreas da economia e comércio.

Editado por Martha C. Moya
Comentários
Deixe um comentário
Contador de Visitas

4105481

  • maxima: 19729
  • yesterday: 3914
  • today: 1371
  • online: 171
  • total: 4105481