Radio Havana Cuba

Uma voz de amizade que percorre o mundo

  • Siga-nos em

#NoMasBloqueo #SolidaridadVsBloqueo

Pinar del Rio: um encontro com a história

Foto/Radio Reloj

Foto/Radio Reloj

Por Maria Josefina Arce

Pinar del Rio, a província cubana situada no extremo oeste de Cuba, tributou merecida homenagem aos participantes dos assaltos aos quartéis Moncada e Carlos Manuel de Céspedes, acontecidos em 26 de julho de 1953, no leste cubano.

Orgulho, satisfação pelo que foi conquistado e desejo de continuar avançando como tinha ensinado o líder histórico da Revolução Cubana, Fidel Castro, sentiram os habitantes dessa província. Todos reafirmaram seu compromisso com a Pátria e com a Revolução.

Encabeçados pelo presidente cubano Raúl Castro e em representação de todos os cubanos, milhares de pessoas se concentraram na cidade de Pinar del Rio para recordar seus corajosos filhos, protagonistas de uma ação, liderada por Fidel, que despertou a consciência de todo o povo cubano e que incentivou a luta contra a sangrenta ditadura de Fulgêncio Batista.

Esta foi a primeira comemoração sem a presença física de Fidel, que não deixou de estar presente com sua obra, exemplo e ideias numa província que celebra esta data com resultados alentadores em sua economia e nos serviços básicos que se prestam à população.

No discurso pronunciado pela data, José Ramón Machado Ventura, segundo secretário do Partido Comunista de Cuba, destacou as conquistas da província de Pinar del Rio, que, no passado, teve destacada participação dos memoráveis acontecimentos do 26 de Julho de 1953. Hoje em dia, contribui com seu esforço e dedicação para a construção de um socialismo próspero e sustentável.

Os resultados alcançados na agricultura conferem tal esforço. Estamos falando em primeiro lugar no cultivo do fumo, principal produto da região que goza de fama mundial. Igualmente, merecem destaque a pesca, a indústria e a mineração.

Pinar del Rio, conhecida outrora como a Gata Borralheira de Cuba, conta hoje em dia com 626 postos médicos, 19 policlínicas, 8 hospitais e mais de 4.500 médicos, muitos deles, da estirpe revolucionária de seus antepassados, oferecem sua ajuda solidária em dezenas de países, principalmente na Venezuela.

Os notáveis indicadores no setor da saúde distinguem Pinar del Rio, que exibe uma das mais baixas taxas de mortalidade infantil e uma expectativa de vida de 79 anos.

Machado Ventura recordou em sua fala que, por estas razões, Pinar del Rio foi escolhido sede do ato central pelo 26 de Julho. E felicitou todos os habitantes do lugar pelo árduo trabalho feito, em nome do Conselho de Estado e do presidente Raúl Castro.

Manifestou sua convicção de que Pinar del Rio seguirá em primeira linha, porque esse território, ao longo da história, se destacou por participar ativamente da luta pela independência de Cuba e, hoje em dia, contribui para o desenvolvimento do país.

O ato foi o momento propício para reafirmar o apoio de todo o povo cubano à Venezuela, alvo de ações desestabilizadoras para derrubar o governo constitucional do presidente Nicolás Maduro, e deitar por terra as conquistas da Revolução Bolivariana.

Na última quarta-feira, toda Cuba recordou seus mártires dos Assaltos aos Quartéis Moncada e Carlos Manuel de Céspedes, que deram suas vidas para que tivéssemos, hoje, uma Pátria livre e soberana, um exemplo de dignidade e de resistência, e que avança rumo a um socialismo próspero e sustentável.

Editado por Maite González Martínez
Comentários
Deixe um comentário
Contador de Visitas

3855913

  • maxima: 19729
  • yesterday: 4211
  • today: 3089
  • online: 205
  • total: 3855913