Mais de 20 anos junto ao povo cubano

Maria Josefina Arce

A vitória da Revolução cubana em janeiro de 1959 despertou a admiração de todos, no mundo, e deu passo a um vasto movimento de solidariedade a Cuba, que foi crescendo ao longo destes 61 anos.

Em qualquer país há organizações que apoiam e defendem as conquistas da Revolução e sua luta pela cessação do genocida bloqueio econômico, comercial e financeiro dos Estados Unidos.

O propósito do governo de Washington de isolar Cuba foi um estrondoso fracassou. Hoje em dia, há mais de duas mil organizações solidárias em todo o mundo. As ações em favor do povo cubano chegam a mais e mais pessoas dentro dos Parlamentos, sindicatos e outros organismos.

Na França, berço dos direitos humanos, o movimento “Cuba Linda” vem promovendo as relações dessa nação europeia com a Ilha há mais de vinte anos.

Esta associação acompanhou Cuba em cada batalha. E reitera sistematicamente sua rejeição ao bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos EUA à Ilha com quase 60 anos de duração.

Particularmente ativa tem sido sua solidariedade nos meses e semanas prévias à votação que acontece todos os anos na Assembleia Geral da ONU sobre o projeto de resolução cubano sobre a necessidade de pôr fim a essa medida genocida e unilateral.

Igualmente, exige a devolução a Cuba da base naval de Guantánamo, um pedaço de terra ocupado ilegalmente pelos EUA que atenta contra a soberania do arquipélago.

Representantes do grupo participam dos festejos em Cuba pelo Primeiro de Maio – Dia Internacional do Trabalho – e, na França, organizam atividades de solidariedade à Revolução.

Ao longo dos anos vem promovendo viagens a Cuba que permitiram a muitas pessoas conhecerem a realidade da Ilha tantas vezes torcida pelos grandes meios de comunicação.

A tenacidade de amigos como os membros do movimento “Cuba Linda” venceram dificuldades e articularam as viagens de milhares de pessoas mediante iniciativas como Seguindo as pistas da Revolução e Livre Descoberta.

A associação tem apoiado diferentes projetos comunitários em Cuba, como o Grupo Artístico Korimakao, de Ciénaga de Zapata e Soñarte para crianças e adolescentes no município de Cotorro, em Havana.

“Cuba Linda” ocupa um lugar especial no coração do povo cubano ao que vem acompanhando faz tantos anos com muito amor, tenacidade e coragem.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up