Logo Radio Habana Cuba

Radio Havana Cuba

Uma voz de amizade que percorre o mundo

  • Siga-nos em

#NoMasBloqueo #SolidaridadVsBloqueo

O Caribe sempre junto a Cuba

Por Maria Josefina Arce

Corajoso, indômito e especialmente grato, o Caribe se posicionou de novo ao lado de Cuba cuja essência humanista e solidária, já presente em seus próceres independentistas, é reconhecida por todos.

Reunidos em Barbados, os países da CARICOM rejeitaram a campanha dos Estados Unidos e de seus fantoches da região contra a colaboração médica cubana.

A Comunidade do Caribe - que se beneficia dessa ajuda considerada pelos caribenhos inestimável – agradeceu a assistência médica oferecida por Cuba ao longo dos anos que permitiu construir seus setores de saúde em benefício e o bem-estar de seus povos.

CARICOM rejeitou categoricamente a declaração segundo a qual a ajuda dos cubanos é uma forma de tráfico de pessoas, o que a Ilha sempre condenou.

O Caribe foi beneficiado por diferentes iniciativas solidárias de Cuba. Por exemplo, a Missão Milagre implementada faz 15 anos chegou às suas nações para corrigir doenças da vista.

Esse programa de reabilitação oftalmológica, que surge graças à vontade política de Cuba e Venezuela, possibilitou que passassem por cirurgia seis milhões de latino-americanos e caribenhos.

As pessoas mais humildes, as mais pobres, foram beneficiadas. Mediante cirurgia, muitos recuperaram a visão e os defeitos visuais de outros foram corrigidos.

Em vários países caribenhos se instalaram centros oftalmológicos ou posições de cirurgia para atender aos que sofrem problemas da vista. Assim contribuiu Cuba para a luta pela prevenção da cegueira.

Cuba também colocou à disposição de seus irmãos caribenhos sua experiência na conformação de políticas em favor das pessoas com incapacidades físicas ou mentais.

Especialistas cubanos realizaram estudos para descobrir os casos e propiciaram a esse segmento populacional, tradicionalmente marginalizado e esquecido, tratamento e ajuda.

Na Guiana, foi inaugurado há dois anos um Centro de Atendimento Caribenho para crianças e jovens com necessidades educativas especiais, associadas a incapacidades.

Cuba proporcionou assistência técnica com pessoal qualificado e experiente que trabalha nessa instituição, além de ajudar a formar técnicos guianeses para que pudessem prestar serviços de terapia de linguagem, ocupacional, psicologia, e assessoramento a professores e familiares dos menores.

A Comunidade do Caribe realçou o trabalho feito por Cuba no Centro Regional de Estimulação, do qual se beneficiam todos os países da área em serviços como capacitação.

Os países caribenhos sempre estiveram ao lado de Cuba. Em fóruns internacionais, como a Assembleia Geral da ONU, ressaltaram a essência humanista e solidária da ilha, que, apesar do endurecimento do bloqueio norte-americano, não esquece seus irmãos da região e lhes estende sua mão amiga.


 

Editado por Lorena Viñas Rodríguez
Comentários
Deixe um comentário
Contador de Visitas

8048492

  • maxima: 19729
  • yesterday: 6221
  • today: 2284
  • online: 187
  • total: 8048492