Logo Radio Habana Cuba

Radio Havana Cuba

Uma voz de amizade que percorre o mundo

  • Siga-nos em

#NoMasBloqueo #SolidaridadVsBloqueo

Cientistas cubanos avançam rumo à vacina contra o COVID-19

Por Maria Josefina Arce

O novo coronavírus que causa o COVID-19 está convulsionando o mundo todo. A doença está presente em quase todos os países. As estatísticas são alarmantes: milhares de mortos e perto de 300 mil contagiados.

A comunidade científica está focada na busca de uma vacina para a enfermidade, que mantém boa parte das nações paradas e a economia mundial á beira do precipício.

Cuba conta com um desenvolvimento notável na biotecnologia, reconhecido em nível mundial devido ao vasto leque de medicamentos que estão sendo utilizados em diferentes lugares do mundo.

O Interferon alfa 2B tem sido um dos medicamentos insígnias na luta contra o novo coronavírus. Na China, a utilização do produto cubano, juntamente com outros, obteve excelentes resultados no restabelecimento dos doentes.

Hoje em dia, estão disponíveis todas as capacidades para satisfazer as necessidades que possa ter Cuba e mais de 15 pedidos de nações da América Latina e do Caribe, Europa, África e Ásia.

Os cientistas cubanos, todavia, estão concentrados esforços em encontrar uma cura. O “Centro de Engenharia e Biotecnologia” fez um estudo de vacina que poderia ser utilizada contra o novo coronavírus.

O diretor de pesquisas biomédicas da renomada instituição Gerardo Guillén disse que estão trabalhando na parte metodológica e de design do medicamento.

A vantagem da vacina – assinalou – é que se utiliza a plataforma que desenvolveu o Centro, onde se trabalha com partículas similares ao vírus com grande capacidade de estimular o sistema imunológico.

O pesquisador cubano explicou que tem outra plataforma: a imunização através da via nasal, muito útil, porque o COVID-19 é uma doença que se transmite também pelo nariz.

O grupo empresarial BioCubaFarma produz, em total, 22 medicamentos utilizados no enfrentamento e tratamento do novo coronavírus, um deles é o Interferon alfa 2B por seus provados resultados na China.

Rita Maria Garcia, diretora de Operações e Tecnologia de Biocubafarma, revelou que essa indústria conta com as matérias-primas, insumos e peças de reposição para assumir e satisfazer as necessidades da atual crise epidemiológica.

Os cientistas cubanos, de provado profissionalismo, que deram ao mundo medicamentos eficazes, não medem esforços para encontrar a cura ao novo coronavírus. Naturalmente, esse medicamento estará ao alcance não só dos cubanos, mas também de outros povos do mundo.

 

 

Editado por Lorena Viñas Rodríguez
Comentários
Deixe um comentário
Contador de Visitas

7606209

  • maxima: 19729
  • yesterday: 7035
  • today: 6227
  • online: 161
  • total: 7606209