Logo Radio Habana Cuba

Radio Havana Cuba

Uma voz de amizade que percorre o mundo

  • Siga-nos em

#NoMasBloqueo #SolidaridadVsBloqueo

Manter a vigilância para não arriscar os resultados alcançados

Por Maria Josefina Arce

A situação de Cuba é positiva no combate à Covid-19 em resultado de uma acertada política do governo que incluiu a adoção de inúmeras medidas e o trabalho de diferentes ministérios e organizações em parceria com as autoridades sanitárias.

O esforço é afiançado por um forte e estável sistema de saúde, apesar das dificuldades que vem criando ao longo de muitas décadas o bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos e que, hoje, em meio à pandemia, incide na compra de instrumentos de proteção e outros insumos.

A base do sistema é o médico e a enfermeira da comunidade, que zelam pela saúde de seus habitantes e que receberam notável apoio dos estudantes de medicina no trabalho de pesquisa.

Esses jovens têm a missão de dar uma chegada a casas particulares, indagar da saúde de cada morador e assim poder prestar o atendimento médico necessário evitando a propagação da doença  causada pelo novo coronavírus.

O doutor Francisco Durán, diretor nacional de Epidemiologia do Ministério da Saúde Pública, realçou o manejo integral em Cuba da doença para brecar o contágio, desde a busca de possíveis doentes e sua hospitalização até o isolamento das pessoas com as que o contagiado esteve em contato.

A esta tarefa também contribui o auto-pesquisador virtual, que facilita detectar pessoas com sintomas da doença e agir em tempo para evitar o agravamento de seu estado de saúde e impedir de avançar o contágio de outros cidadãos.

Em Cuba, também se realizam estudos populacionais em diferentes comunidades com a aplicação de métodos de diagnóstico como o PCR em tempo real, o que permitiu descobrir alguns casos.

Foi aprovada a validade do tratamento aplicado em Cuba que engloba medicamentos de produção nacional, como o Interferon Alfa-2B recombinante, utilizado igualmente com êxito por outros países.

Tem sido um árduo trabalho de pouco mais de dois meses. Porém a luta ainda não chegou ao fim, é preciso continuar batalhando, alertam as autoridades, para não arriscar os resultados alcançados até agora.  É que a  Covid-19 continua fazendo estragos mundo afora.

 

 

Editado por Lorena Viñas Rodríguez
Comentários
Deixe um comentário
Contador de Visitas

8279803

  • maxima: 19729
  • yesterday: 5999
  • today: 2973
  • online: 191
  • total: 8279803