Radio Havana Cuba

Uma voz de amizade que percorre o mundo

  • Siga-nos em

#NoMasBloqueo #SolidaridadVsBloqueo

Parques fotovoltaicos: alternativa para cuidar o meio ambiente

Os parques fotovoltaicos estão se espalhando pelo território cubano como alternativa válida para a preservação do meio ambiente, reduzindo a dependência dos combustíveis fósseis na geração de eletricidade.

As autoridades estão empenhadas em modificar a matriz energética do país. Para isso, está sendo potenciado o uso de fontes de energia limpa, que não prejudicam o entorno natural com emissões de poluentes.

Os parques fotovoltaicos transformam a energia solar em eletricidade. Em Cayo Cana, na província de Pinar del Rio, está sendo construída uma dessas instalações, que permitirá deixar de consumir mais de mil toneladas de combustível por ano e evitará a emissão de 3.000 toneladas de dióxido de carbono à atmosfera.

Sua produção será incorporada diretamente ao Sistema Eletroenergético Nacional, que também se beneficia com o funcionamento de hidrelétricas de pequeno e médio porte, e com os parques eólicos, que aproveitam a energia dos ventos.

Nos próximos anos, a província de Pinar del Rio contará com 13 parques de painéis solares, com garantia de funcionamento de até 20 anos. Esse período é suficiente para recuperar o investimento feito.

No município especial da Ilha da Juventude, situado ao sul do território nacional, está sendo construída a segunda instalação desse tipo. O propósito é contribuir à geração de eletricidade a partir de energia limpa durante o dia.

Hoje, o país conta com sete parques fotovoltaicos, todos funcionando com eficiência. Cabe recordar que Cuba se encontra na chamada Faixa Solar, portanto, aproveitar esse tipo de energia seria significativo para a nação.

A revista digital “Cuba Solar” aponta que o país tem um potencial solar, eólico, hidráulico e de biomassa suficiente para gerar várias vezes o montante de eletricidade que consome.

Levando em conta essas estimativas, as autoridades cubanas apostam nas fontes de energia limpa e renovável, como passo decisivo para alcançar a independência nessa área e contribuir a reduzir o efeito estufa e outras causas das mudanças climáticas.

(M.J. Arce, 22 de julho)


 

Editado por Juan Leandro
Comentários
Deixe um comentário
Contador de Visitas

3861500

  • maxima: 19729
  • yesterday: 4037
  • today: 4639
  • online: 200
  • total: 3861500