Logo Radio Habana Cuba

Radio Havana Cuba

Uma voz de amizade que percorre o mundo

  • Siga-nos em

#NoMasBloqueo #SolidaridadVsBloqueo

O Vietnã: interessado em aprofundar relações com a América Latina

O Vietnã é outra nação asiática que mostra um crescente interesse em promover as relações com a América Latina, uma região com grande potencial. Segundo as autoridades vietnamitas é como um motor de crescimento para a economia mundial.

O interesse é mútuo porque a América Latina está ciente do progresso dessa nação do Sudeste Asiático. O crescimento econômico do Vietnã, de 7% ao ano, diminuiu as taxas de pobreza e fome deixadas pela guerra contra os Estados Unidos. Hoje, essa nação verifica um rápido desenvolvimento da infraestrutura e os serviços sociais.

Daí que, ambas as partes procuram aprofundar os seus laços e trabalhar para o desenvolvimento econômico mútuo e aumentar o bem-estar de seus povos. No ano passado o intercâmbio comercial deixou suas marcas ao exceder os seis bilhões de dólares.

Empresas vietnamitas estabeleceram relações com 133 mercados da região. Os principais itens do comércio por parte dos asiáticos são: calçado, artigos eletrônicos, motores e arroz. Enquanto a América Latina, esta exporta matérias primas para a indústria ligeira, aço, ferro, alimentos de origem animal e algodão.

Igualmente em 2012 se realizou em Hanói, a capital vietnamita, um Foro de investimento Vietnã – América Latina. Nele participaram ministros, altos funcionários e homens de negócios de 15 países latino-americanos. Durante o encontro as questões tratadas foram o transporte, telecomunicações e o serviço, identificadas como grandes áreas com potencialidade para intensificar a cooperação bilateral.

Numerosos projetos estão em processo de implementação em esferas estratégicas como energia e telecomunicações. Porém, ainda não se correspondem com as potencialidades existentes.

Atualmente existem comissões conjuntas de cooperação intergovernamental e mecanismos de consulta política entre o Vietnã e vários países latino-americanos e caribenhos.

Não obstante, tanto o Vietnã quanto a América Latina consideram que o nível de intercâmbio pode-se aumentar. Além dos tradicionais vínculos com Cuba, o Brasil, a Argentina, e a Venezuela, estes podem-se expandir a outras nações da região como o Uruguai, a Bolívia, a Colômbia, o Equador e o Peru.

De acordo com os especialistas, com uma população de quase 90 milhões de vietnamitas e mais de 500 milhões de latino-americanos, além de pontos fortes na agricultura, indústria ligeira, transporte, telecomunicações, energia e turismo, ambas as partes são mercados complementares muito promissores.

Desta maneira, as autoridades vietnamitas sublinharam que a nação asiática está lista para se transformar em parceiro econômico importante dos países latino-americanos. Igualmente pode atuar como uma entrada para que estes podam desenvolver suas relações com o leste asiático.

(M.J. Arce – 08 de julho)

 

 

 

Editado por Juan Leandro
Comentários
Deixe um comentário
Contador de Visitas

8281817

  • maxima: 19729
  • yesterday: 5999
  • today: 4987
  • online: 175
  • total: 8281817