Radio Havana Cuba

Uma voz de amizade que percorre o mundo

  • Siga-nos em

#NoMasBloqueo #SolidaridadVsBloqueo

Brascuba S.A. incrementará as suas produções

Havana, 1º de novembro (RHC).- Claudia González Rojas, especialista em Comunicação da parceria cubano-brasileira Brascuba S.A. anunciou este 1º de novembro, em Havana, que a entidade tencoina construir uma moderna fábrica de cigarros na Zona Especial de Desenvolvimento do Mariel (ZEDM), a 45 quilómetros ao oeste da capital da maior ilha das Antillas.

A informação conheceu-se no âmbito da XXXIV Feira Internacional de Havana (FIHAV 2016) onde González Rojas disse que a execução da obra concluirá em 2018.

"Esta indústria lhe permitirá a Brascuba S.A. Se posicionar ainda melhor no mercado interno e externo, incrementando as suas produções, a qualidade, e diminuir importações", acrescentou.

Recorda a Agência Cubana de Notícias (ACN) que em 28 de janeiro de 2014, quando teve lugar a abertura da primeira fase da ZEDM, em presença dos ministros de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil, Fernando Pimentel, e de Comércio Exterior e o Investimento Estrangeiro de Cuba, Rodrigo Malmierca, se assinaram dois memorandos de entendimento nas esferas do fumo e do plástico para que entidades de ambas as nações construíssem lá instalações manufatureiras.

Representantes de Brascuba S.A., conformada por Souza Cruz —líder no mercado brasileiro de cigarros e membro da British American Tobacco (BAT)—, e Tabacuba, do Ministério da Agricultura, assinaram o protocolo.

Neste ano, na maior carteira comercial de Cuba e o Caribe, um dos stands do Pavilhão Central de Expocuba é ocupado por Brascuba S.A., que exibe um sólido portfolio de produtos, na sua maior parte premiados com Medalha de Ouro à Qualidade.

A especialista em comunicação da entidade sublinhou que nesta edição da Feira sua empresa tributa honras aos 20 anos do cigarro Popular, sua mais autêntica marca, a qual saiu ao mercado em 1995.

Um ano depois Brascuba S.A. começaria a ganhar força com importantes sucessos na produção, comercialização e distribuição dessa linha de produção, tanto dentro como fora da nação antillana, com o surgimento de novas marcas e versões, como Cohíba e Romeo e Julieta.

Editado por Martha C. Moya
Comentários
Deixe um comentário
Contador de Visitas

4100450

  • maxima: 19729
  • yesterday: 4241
  • today: 254
  • online: 213
  • total: 4100450