Radio Havana Cuba

Uma voz de amizade que percorre o mundo

  • Siga-nos em

#NoMasBloqueo #SolidaridadVsBloqueo

A cidade de Havana celebra o 497 aniversário com imagem diferente

A Vila de São Cristóvão de Havana chega hoje aos 497 anos de sua fundação com uma imagem renovada na beira costeira, obras restauradas e uma face diferente nos antigos armazéns do porto.
O Passeio Marítimo Flutuante da Baía de Havana e a recém construída Doca de Luz, desde onde partem as embarcações para as localidades de Casablanca e Regla, são espaços que vão mudando a aparência da parte mais antiga da cidade.
A Vila de São Cristóvão de Havana -fundada em nome dos Reis de Espanha- nasceu em 16 de novembro de 1519 e encontrou assento definitivo ao lado de uma baía muito boa para a atividade portuária.
Surgiu assim a cidade de Havana muito próxima do mar e esse destino costeiro marcou sua expansão ao longo da zona que hoje ocupa o famoso Malecón (murada à beira do mar) da capital cubana.
A julgamento dos historiadores, Havana virou rapidamente no porto mais seguro do Caribe e chegou a contar no século XVII com o cais de maior fama do chamado Novo Mundo.
Hoje, essas antigas construções usadas como armazéns de alfândega têm novas funções culturais.O Plano Mestre do Escritório do Historiador da Cidade de Havana (OHC) é um dos principais responsáveis por essas mudanças, pensados na sua grande maioria com fins sociais e abertos a diversos tipos de públicos.
Segundo o arquiteto desse projeto, Kiovet Sánchez, para trabalhar no 'porto velho' existem itens estratégicas baseadas na continuidade do espaço público.
Sánchez acredita que um dos maiores desafios é conseguir um espaço para os moradores de Havana e de Cuba, além de atraente como destino turístico.
A Vila de São Cristóvão de Havana - atualmente Patrimônio da Humanidade- adquiriu sua denominação de um santo católico e do chefe aborígem Habaguanex, e hoje, é o nome de uma das principais empresas da área.
Desde há vários anos, a OHC impulsiona diferentes programas visando preservar o patrimônio cultural material e imaterial da zona, em especial, sua rica e variada arquitetura colonial.

Editado por Martha C. Moya
Comentários
Deixe um comentário
Contador de Visitas

4099836

  • maxima: 19729
  • yesterday: 0
  • today: 3881
  • online: 194
  • total: 4099836