Logo Radio Habana Cuba

Radio Havana Cuba

Uma voz de amizade que percorre o mundo

  • Siga-nos em

#NoMasBloqueo #SolidaridadVsBloqueo

Cuba rejeita acusação dos EUA sobre suposta presença de militares na Venezuela

Havana, 23 de março (RHC).- Cuba rejeitou a acusação dos EUA sobre a suposta presença de militares na Venezuela com fins de instrução, controle e intimidação.

No Twitter, o chanceler Bruno Rodríguez disse que as declarações do vice-presidente Mike Pence e outros funcionários norte-americanos são mentiras surradas que fazem parte da feroz campanha macartista desencadeada por Washington.

Noutra mensagem, Rodríguez expressou que Cuba e Venezuela mantêm uma relação de respeito mútuo e verdadeira solidariedade, sem ingerência nos assuntos internos nem subordinação política. E reiterou o apoio das autoridades cubanas ao presidente constitucional Nicolás Maduro e à união cívico-militar do povo bolivariano e chavista.

Por sua vez, o vice-presidente do PSUV – Partido Socialista Unido da Venezuela, Diosdado Cabello, chamou a população a uma passeata neste sábado até o Palácio de Miraflores, sede do Executivo, em Caracas. No Twitter, Cabello disse que os cidadãos devem sair às ruas para rechaçar as ações ingerencistas dos EUA, o terrorismo, o ódio e a guerra, e apoiar a paz.

Outras notícias apontam que os EUA aplicaram sanções ao Banco de Desenvolvimento Nacional da Venezuela e a quatro subsidiárias. A medida se soma à proibição às instituições financeiras norte-americanas de fazerem negócios com o país sul-americano.

O presidente Donald Trump se reuniu em Miami com os chefes de Estado da República Dominicana, Danilo Medina, e do Haiti, Jovenel Moise, e os primeiros ministros das Bahamas, Hubert Minnis, da Jamaica, Andrew Holness, e de Santa Lúcia, Allen Chastanet, com os quais abordou a situação na Venezuela.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez
Comentários
Deixe um comentário
Contador de Visitas

8033133

  • maxima: 19729
  • yesterday: 6548
  • today: 6275
  • online: 350
  • total: 8033133