Ministro cubano do Comércio Exterior denuncia efeitos do bloqueio norte-americano

Havana, 9 de outubro (RHC).- O ministro cubano do Comércio Exterior e Investimento Estrangeiro, Rodrigo Malmierca, denunciou que o bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos EUA desde o começo da década de 1960 é o principal empecilho para o desenvolvimento do país.

“Seu endurecimento prejudica nosso povo, e também empresas e cidadãos do mundo todo”, indica mensagem de Malmierca no Twitter. De abril de 2018 a março deste ano estima-se que o cerco ocasionou prejuízos de mais de 4,3 bilhões de dólares a Cuba.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up