Cuba denuncia hostilidade dos EUA ante pandemia

Havana, 28 de março (RHC).- O ministro cubano das Relações Exteriores, Bruno Rodríguez, denunciou que os EUA optam pela hostilidade e o isolamento em momentos em que é necessária a colaboração internacional para conter a transmissão da Covid-19.

No Twitter, disse que a crise sanitária global obriga a cooperar acima de divergências políticas. Sublinhou que Washington interfere na luta contra a doença ao atacar países que praticam a solidariedade e a ajuda internacional.

O Chanceler rejeitou, assim, uma declaração do Departamento de Estado norte-americano, divulgada pela embaixada dos EUA em Havana, para pressionar as nações que recebem a colaboração médica de Cuba apesar do cenário atual de emergência sanitária.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up