Sexto dia consecutivo em Cuba sem óbitos pela Covid-19

Havana, 19 de maio (RHC).- O doutor Francisco Durán, diretor nacional de Epidemiologia do ministério da Saúde Pública, informou que Cuba leva seis dias consecutivos sem registrar óbitos pela Covid-19. O número de falecidos até agora se mantém em 79. Ontem foram diagnosticados seis casos positivos em todo o país.

Dos 1.887 pacientes internados desde que foi detectado o novo coronavírus, 1.538 já receberam alta hospitalar após terem dado negativo no exame PCR. Eles ficam mais duas semanas isolados em suas casas sob observação epidemiológica até receberem a alta definitiva. Em Cuba todos os casos positivos são internados para receber tratamento contra a doença, e seus contatos são isolados durante 14 dias em centros preparados para acompanhar o estado de saúde e diagnosticar a eventual presença da enfermidade.

Essa é uma das medidas mais importantes tomadas no país para tentar cortar a propagação do novo coronavírus, condizente com a política de distanciamento social. Também permite dar atenção precoce e evitar o agravamento dos contagiados que em muitos países gerou o colapso na disponibilidade de UTIs.

Ontem, as autoridades cubanas indicaram que é preciso manter o programa para enfrentar a Covid-19 em busca de consolidar os resultados positivos dos últimos dias. Na reunião diária sobre a situação epidemiológica, dirigida pelo presidente Miguel Díaz-Canel e o premiê Manuel Marrero, foram abordados vários aspectos, entre eles a quarentena decretada em vários pontos considerados focos da doença. Em muitos deles, seus habitantes já voltaram à vida normal após quatro semanas sem detectar novos casos.

Marrero exortou a aprofundar no atendimento aos grupos mais vulneráveis, como os idosos, pacientes psiquiátricos e menores sem amparo familiar, e disse que essa atenção deve ser constante e priorizada.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up