Cuba denuncia na ONU política hostil dos EUA

Havana, 22 de setembro (RHC).- Ontem, o ministro cubano das Relações Exteriores, Bruno Rodríguez, denunciou a intensificação da política hostil dos EUA contra o país.

Ao falar no evento online pelo aniversário 75 da fundação da ONU, disse que Washington viola sistematicamente os direitos humanos do povo de Cuba ao endurecer o bloqueio econômico, comercial e financeiro, vigente desde o começo da década de 1960.

“A administração atual estadunidense eleva sua hostilidade contra Cuba a níveis qualitativamente superiores, e ataca vergonhosamente a cooperação médica desta Ilha e aos governos que a solicitam”, apontou.

Sublinhou que é preciso ratificar o compromisso com os princípios do direito internacional e o fortalecimento do multilateralismo, a colaboração com os organismos internacionais e o empoderamento da Assembleia Geral das Nações Unidas.

Rodríguez disse que com sua conduta irresponsável, os EUA colocam em risco o multilateralismo e as leis internacionais. “Multipliquemos a cooperação e a solidariedade. Construamos uma ordem internacional democrática, justa e sustentável”, frisou o chanceler cubano.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up