Morreu poetisa cubana Carilda Oliver

Havana, 29 de agosto (RHC).- A poetisa cubana Carilda Oliver faleceu nesta quarta-feira aos 96 anos de idade. Ela ganhou o Prêmio Nacional de Literatura em 1998.

Oliver é considerada uma das mais importantes figuras da poesia ibero-americana, com mais de 40 livros publicados em espanhol e outros idiomas. O primeiro foi “Prelúdio lírico”, editado em 1943. Sete anos depois, foi prestigiada com o Prêmio Nacional de Poesia pela obra “Ao sul da minha garganta”.

Carilda Oliver era advogada, e cultuou também a pintura, o desenho e a escultura. Em 1957 escreveu o poema “Canto a Fidel”, dedicado ao líder revolucionário Fidel Castro que, nessa época, comandava a guerrilha que operava nas montanhas da Serra Maestra.

 

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up