Presidente cubano chama a enfrentar o ódio com a verdade e amor

Havana, 18 de setembro (RHC).- O presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, chamou a enfrentar com a verdade, identidade e amor a campanha midiática de manipulação e ódio contra intelectuais e artistas desta Ilha organizada desde os EUA. “O faremos desde a verdade, a identidade e o amor”, apontou no Twitter.

Na véspera, o ministro da Cultura, Alpidio Alonso, rechaçara as ofensas contra o músico e diretor da banda Havana D’Primera, Alexander Abreu, e outros artistas.

Em termos semelhantes se expressou o Instituto Cubano da Música. “O que ocorreu é mais uma amostra do terrorismo político da máfia cubano-americana de Miami, órfã de toda ética e temerosa de perder os privilégios que se derivam de sua hostilidade à resistência e autodeterminação do povo cubano”, sublinhou a entidade.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up