Radio Havana Cuba

Uma voz de amizade que percorre o mundo

  • Siga-nos em

#NoMasBloqueo #SolidaridadVsBloqueo

Após decisão do TAS, o Comitê Olímpico Internacional vai tomar decisão sobre atletismo russo

Havana, 21 de julho (RHC).- O Comitê Olímpico Internacional anunciou que vai tomar uma decisão sobre a presença ou não do atletismo russo nos Jogos do Rio após ser revelado o ditame do TAS, Tribunal de Arbitragem Esportiva.

Esse órgão rejeitou o recurso apresentado pelos esportistas russos, que pediram não aplicar uma suspensão coletiva, e sim apenas aos envolvidos no caso de dopagem organizada nesse país. “Vamos estudar e analisar todas as considerações do ditame”, informou o COI.

Em Moscou, o ministro dos Esportes da Rússia, Vitali Mutko, acusou a Federação Internacional de Atletismo de estar “totalmente corrupta”. “Tudo começou com eles. Os que foram mencionados no primeiro relatório da comissão independente sobre a dopagem continuam trabalhando”, declarou Mutko à mídia local.

“Lamento a decisão do TAS. Ao introduzir a responsabilidade coletiva criou-se um precedente”, sublinhou o ministro. “Acho que foi uma decisão subjetiva, politizada, sem nenhuma base jurídica”, afirmou.

Por sua vez, a saltadora com vara russa Yelena Isinbayeva, bicampeã olímpica, indignou-se com a situação. “Que todos esses esportistas estrangeiros pseudo-limpos respirem aliviados e ganhem suas pseudo-medalhas de ouro na nossa ausência”, desabafou.

Isinbayeva, 34 anos, levou ouro em Atenas'2004 e Pequim'2008, e bronze em Londres'2012. Ela é contra a punição coletiva ao atletismo russo. Defende o direito de participar dos que não consumiram substâncias proibidas.

Editado por Yusvel Ibáñes Salas
Comentários
Deixe um comentário
Contador de Visitas

4088999

  • maxima: 19729
  • yesterday: 4477
  • today: 1799
  • online: 152
  • total: 4088999