Destacam paixão do Che Guevara pelo esporte

Havana, 14 de junho (RHC).- O comandante guerrilheiro Ernesto Che Guevara, nascido em 14 de junho de 1928, tinha verdadeira paixão pelo esporte, segundo destaca a agência noticiosa Prensa Latina em comentário sobre o revolucionário argentino-cubano.

O Che sofria de asma desde pequeno e isso o levou a praticar futebol, boxe, ciclismo e natação, entre outras modalidades, o que lhe permitiu anos depois resistir os desafios da luta guerrilheira nas montanhas de Cuba e Bolívia, além de suas atividades na África.

Estando no México, conseguiu escalar e chegar ao cume do vulcão Popocatepetl, a 5.500 m sobre o nível do mar. Porém sua ligação mais conhecida com o esporte veio pelo xadrez. Depois da vitória da Revolução cubana em 1959, o Che Guevara foi um grande promotor da prática do chamado jogo-ciência, e apoiou muitas iniciativas encaminhadas a que a população, principalmente as crianças, o praticassem com caráter sistemático, tanto para o lazer quanto para desenvolver as capacidades intelectuais.

O Che jogou xadrez com grandes figuras que participaram dos torneios “Capablanca In Memoriam” nos anos 60, entre eles os campeões mundiais da então União Soviética Boris Spaski, Mijail Tal e Vasili Smyslov, e o polonês-argentino Miguel Najdorf, com quem empatou em 17 movimentos, lembra o comentário da agência Prensa Latina neste aniversário do nascimento do comandante guerrilheiro.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up