Promotores sul-americanos propõem colaborar na investigação do “FIFAgate”

Havana, 16 de fevereiro (RHC).- Seis promotores sul-americanos, reunidos no Equador, propuseram colaborar na investigação do chamado “FIFAgate”, escândalo de corrupção que abala os alicerces da Federação Internacional de Futebol Associado.

“Foi uma reunião muito produtiva. Trocamos informações relevantes”, afirmou o Procurador Geral do Equador, Galo Chiriboga. Participaram colegas do Peru, Argentina, Bolívia, Paraguai e Brasil. Chiriboga disse que a ideia é contribuir em nível regional a apurar as falcatruas, e lamentou que algumas das organizações esportivas tenham se transformado em organizações criminosas.

Editado por Yusvel Ibáñes Salas



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up