Radio Havana Cuba

Uma voz de amizade que percorre o mundo

  • Siga-nos em

#NoMasBloqueo #SolidaridadVsBloqueo

Morre o “Marechal” da seleção argentina de futebol dos anos 60 e 70

Havana, 11 de março (RHC).- Ontem faleceu em Buenos Aires o ex-futebolista argentino Roberto Alfredo Perfumo, conhecido como o “Marechal” da seleção nacional desse país nas décadas de 1960 e 70. Perfumo, 73 anos, sofreu um desmaio na véspera e caiu pela escada de um restaurante nessa capital. O diagnóstico foi AVC, acidente vascular cerebral.

A revista “El Gráfico” lembrou que Perfumo recebeu o apelido de “Marechal” por sua atuação em campo e sua filosofia no futebol. Junto a Alfio Basile, integrou a dupla considerada mais dura do meio-campo numa época em que os juízes não castigavam tanto as faltas cometidas pela zaga. Ele disputou as Copas do Mundo da Inglaterra'66 e Alemanha'74. Também jogou no campeonato brasileiro.

Perfumo se aposentou em 1978. Trabalhou como técnico e depois se dedicou ao jornalismo. Fez parte do gabinete do ex-presidente argentino Nestor Kirchner, como Secretário de Esportes.

Editado por Yusvel Ibáñes Salas
Comentários
Deixe um comentário
Contador de Visitas

6665360

  • maxima: 19729
  • yesterday: 4950
  • today: 4543
  • online: 206
  • total: 6665360