Em 2019 foram assassinados 56 jornalistas no mundo

Havana, 21 de janeiro (RHC).- A ONU – Organização das Nações Unidas revelou que em 2019 foram assassinados 56 jornalistas no mundo, a maioria fora de zonas de conflito.

Stephane Dujarric, porta-voz do organismo, indicou que apesar de ter baixado a quase a metade o número de crimes, seus autores desfrutaram de quase impunidade plena.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up