Protestam trabalhadores argentinos contra ajuste econômico do Governo

Havana, 5 de novembro (RHC).- Centenas de trabalhadores argentinos se concentraram na Praça de Maio, em Buenos Aires, para reclamar ao Governo o cessar do desemprego e protestar por o ajuste econômico que qualificam de brutal.

Próximos da sede presidencial, operários, profissionais e representantes de organizações sociais e populares se uniram no protesto na sexta-feira, primeira de muitas previstas na jornada nacional de luta.

A manifestação serviu também para recordar o momento histórico acontecido há onze anos no balneário argentino de Mar de Plata, durante a quarta Cimeira das Américas, quando milhares de latino-americanos recusaram o Área de Livre Comércio das Américas.

Editado por Martha C. Moya



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up