Presidente da Coreia Democrática, Kim Jong Un expressou suas condolências pelo falecimento de Fidel.

Havana, 30 de novembro (RHC).-O presidente da Coreia Democrática, Kim Jong Un, visitou na terça-feira a embaixada cubana em Pyongyang e expressou suas condolências pelo falecimento de Fidel.

Após depositar flores, escreveu: “Seu nome e suas façanhas ficarão eternamente na memória de todos nós”. E disse que o fato constitui uma grande perda para os partidos, governos e povos dos dois países.

Editado por Martha C. Moya



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up