Presidente do Chile exorta ex-repressores a informar sobre desaparecidos na ditadura militar

Havana, 28 de dezembro (RHC).- A presidente do Chile, Michele Bachelet, exortou os ex-militares condenados por crimes cometidos durante a ditadura de Augusto Pinochet, de 1973 a 1990, a entregarem informação sobre as pessoas desaparecidas vítimas da repressão.

Em declarações à emissora radiofônica Sonar FM, Bachelet apontou que o arrependimento não é suficiente, porque as famílias precisam saber o que aconteceu com seus parentes. Na semana passada, vários ex-repressores confinados na penitenciária de Punta Peuco, onde cumprem pena de cadeia, pediram perdão pelos abusos e crimes cometidos nesse período. Os familiares das vítimas consideram que isso faz parte de uma manobra.

 

Editado por Martha C. Moya



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up