Governo venezuelano decreta novo aumento do salário mínimo

Havana, 9 de janeiro (RHC).- O governo da Venezuela decretou novo aumento do salário mínimo e das pensões, com caráter retroativo desde primeiro de janeiro.

O montante subiu 50%. O ministro para o Processo Social do Trabalho, Francisco Torrealba, disse que a medida faz parte da política de proteção aos trabalhadores iniciada pelo falecido presidente Hugo Chávez, fundador e líder da Revolução Bolivariana. O propósito é recuperar progressivamente o poder aquisitivo dos salários.

Por sua vez, o ex-presidente do governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, anunciou que viajará à Venezuela para contribuir à continuidade das conversações das autoridades com a oposição. O prefeito do município Libertador, de Caracas, Jorge Rodríguez, indicou que falou pelo telefone com Zapatero, que reiterou seu compromisso com o diálogo.

Nesse contexto, a oposição informou que não participará do próximo encontro, previsto para 13 de janeiro.

 

Editado por Martha C. Moya



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up