Presidente da Venezuela rechaça campanha de ódio arvorada pela direita

Havana, 1º de fevereiro (RHC).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, rechaçou a campanha de ódio promovida pela direita, incluso na mídia, contra seu governo e a memória histórica da nação.

Ao falar no ato de juramento da nova executiva da companhia estatal Petróleos da Venezuela, Maduro garantiu que no país vai triunfar a verdade de um povo nobre, comprometido com o bem-estar cidadão. Indicou que a nova direção da empresa vai lutar contra a corrupção e as agressões econômicas da oposição.

 

Editado por Martha C. Moya



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up