Ex-presidente Cristina Fernández rechaça decisão de juiz argentino

Havana, 8 de dezembro (RHC).- A senadora e ex-presidente da Argentina, Cristina Fernández, rechaçou a decisão do juiz Claudio Bonadio que solicitou a perda de sua imunidade parlamentar e decretou prisão preventiva contra ela e outros ex-funcionários do seu governo.

Fernández disse que se trata de uma perseguição inédita em tempos de democracia e denunciou que por trás dessa manobra política está o atual mandatário Maurício Macri. Por sua vez, o bloco de deputados da Frente para a Vitória rejeitou o ditame judicial.

Na Venezuela, a titular da Assembleia Nacional Constituinte, Delcy Rodríguez, externou solidariedade à ex-presidente argentina, e no Brasil o PT – Partido dos Trabalhadores manifestou seu respaldo e apontou que se trata de uma clara perseguição.

 

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up