Radio Havana Cuba

Uma voz de amizade que percorre o mundo

  • Siga-nos em

#NoMasBloqueo #SolidaridadVsBloqueo

Construtora brasileira Odebrecht admite pagamento de propina a políticos peruanos

Havana, 30 de dezembro (RHC).- A construtora brasileira Odebrecht, eixo de um enorme escândalo de corrupção nesse país e no exterior, admitiu ter entregue dinheiro às campanhas eleitorais dos ex-presidentes do Peru Alejandro Toledo, Alan García e Ollanta Humala, e à líder da oposição Keiko Fujimori, filha do ex-mandatário Alberto Fujimori.

O áudio do depoimento do ex-presidente da companhia, Marcelo Odebrecht, a promotores peruanos que o interrogaram no Brasil em 10 de novembro passado chegou agora às mãos do Ministério Público do Peru. Trechos do seu conteúdo foram divulgados na internet.

Por sua vez, no Equador, a Comissão de Fiscalização da Assembleia Nacional informou que se reunirá na terça-feira para tramitar o julgamento político do vice-presidente Jorge Glas, suspenso de suas funções. Ele foi condenado a seis anos de cadeia por associação ilícita ao receber propina da construtora brasileira Odebrecht. A Corte Constitucional do Parlamento já deu luz verde ao início do processo.

Glas teria recebido subornos de 13,5 milhões de dólares para beneficiar a empresa na licitação de contratos com o governo equatoriano em cinco projetos de setores estratégicos da nação.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez
Comentários
Deixe um comentário
Contador de Visitas

4946600

  • maxima: 19729
  • yesterday: 3453
  • today: 303
  • online: 102
  • total: 4946600