Polícia reprime manifestantes em frente à sede da ONU em Honduras

Polícia reprime manifestantes em frente à sede da ONU em Honduras.

Havana, 28 de fevereiro (RHC).- A polícia hondurenha reprimiu manifestantes que se concentraram diante da sede da ONU em Tegucigalpa, a capital, para protestar contra a reeleição do presidente Juan Orlando Hernández, acusado de fraude na contagem dos votos.

Pelo menos seis pessoas saíram feridas. A protesto foi encabeçado pelo ex-candidato da Aliança de Oposição contra a Ditadura, Salvador Nasralla, e o coordenador geral do movimento e ex-presidente Manuel Zelaya. As ações de rechaço a Hernández começaram em 29 de novembro.

O representante da ONU em Honduras, Igor Garafulic, lamentou os acontecimentos e sublinhou que tinha pedido às autoridades não enviar forças de segurança.

 

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up