Venezuela rejeita questionamentos da União Europeia às eleições presidenciais

Venezuela rejeita questionamentos da União Europeia às eleições presidenciais.

Havana, 20 de abril (RHC).- O governo da Venezuela rejeitou os questionamentos da União Europeia às eleições presidenciais de 20 de maio. A Chancelaria rebateu declarações de Federica Mogherini, Alta Representante para Assuntos Exteriores, e garantiu que o sistema eleitoral venezuelano é uma das maiores fortalezas desse país.

A nota oficial aponta que as palavras de Mogherini violam os princípios do direito internacional, o respeito à soberania dos Estados, a autodeterminação dos povos e a não ingerência nos assuntos internos dos países.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up