Venezuela rechaça comunicado dos EUA sobre frustrado magnicídio

Havana, 18 de agosto (RHC).- A Venezuela rechaçou o comunicado do Departamento norte-americano de Estado sobre o magnicídio frustrado contra o presidente Nicolás Maduro. No atentado foram usados dois drones carregados com explosivos durante uma cerimônia militar.

A Chancelaria questionou a postura dos EUA, que arvoram a luta contra o terrorismo e ao mesmo tempo lideram pelo menos sets conflitos armados no mundo e agora tentam minimizar a tentativa de assassinar Maduro e figuras do alto mando militar na Venezuela. E diz que Washington desconsidera as leis ao lançar falsas acusações contra os processos judiciais nesse país.

Ontem, o chefe de Estado chamou a população a respaldar o governo para garantir o sucesso do programa de recuperação econômica, crescimento e prosperidade, que começará a ser aplicado na segunda-feira. Em sua conta no Twitter, Maduro pediu à equipe econômica explicar aos cidadãos detalhes da reconversão da moeda como primeira ação no âmbito financeiro.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up