Radio Havana Cuba

Uma voz de amizade que percorre o mundo

  • Siga-nos em

#NoMasBloqueo #SolidaridadVsBloqueo

Justiça chilena condena ex-repressores da ditadura por desaparecimento de professor de música

Havana, 24 de agosto (RHC).- A Suprema Corte do Chile condenou cinco ex-repressores da ditadura militar pelo desaparecimento do professor de música Artuto Barría em 1974. Para tentar ocultar o crime, seu nome foi incluído posteriormente entra as vítimas da chamada Operação Colombo, uma montagem feita para encobrir a morte de 119 prisioneiros políticos.

As penas foram aplicadas aos generais César Manríquez e Raúl Iturriaga, ao brigadeiro Pedro Espinoza, ao coronel Orlando Manzo e ao agente Luiz Pavez. Os quatro primeiros já foram condenados e estão presos por reiteradas violações dos direitos humanos, cumprindo penas que juntas somam vários séculos.

Barría tinha 28 anos quando foi sequestrado após ter sido chamado a depor pelos órgãos de repressão do regime militar. Ele lecionava no Liceu Darío Salas, em Santiago do Chile. As investigações confirmaram que foi torturado numa instalação da DINA – Direção de Inteligência Nacional e depois na Vila Grimaldi, um cárcere clandestino.

 

Editado por María Candela
Comentários
Deixe um comentário
Contador de Visitas

6160158

  • maxima: 19729
  • yesterday: 3260
  • today: 1389
  • online: 125
  • total: 6160158