Migrante morre baleado pela polícia mexicana na fronteira com a Guatemala

Havana, 29 de outubro (RHC).- A repressão da polícia mexicana na fronteira com a Guatemala deixou um migrante morto e vários feridos. O grupo tratava de atravessar a ponte internacional sobre o rio Suchiate em seu trajeto rumo aos EUA.

Henry Díaz, 26 anos, faleceu pelo impacto de uma bala de borracha na cabeça, segundo informe das autoridades guatemaltecas. Efetivos da Polícia Federal mexicana tratam de impedir a passagem dos migrantes.

Outras notícias apontam que cerca de 500 pessoas saíram da capital de El Salvador em direção à fronteira dos EUA com o México. A iniciativa é semelhante à da caravana que avança pelo território mexicano apesar das ameaças do presidente norte-americano Donald Trump.

 

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up