Nicarágua rejeita política hostil dos EUA

Havana, 9 de novembro (RHC).- O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, condenou a política de intervenção do governo dos EUA contra esse país, e o apoio da OEA – Organização de Estados Americanos a essas ações.

Falando no ato em homenagem a Carlos Fonseca, fundador da Frente Sandinista de Libertação Nacional, Ortega denunciou também a intenção da União Europeia de intervir nos assuntos internos das nações latino-americanas. Na ocasião, expressou seu respaldo ao povo cubano e recordou que a comunidade internacional votou a favor da resolução apresentada na Assembleia Geral da ONU que pede o fim do bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos EUA desde o começo dos anos 60.

 

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up