Protestos na Argentina contra a Cúpula do G20

Havana, 30 de novembro (RHC).- Sindicatos e organizações sociais convocaram a protestos na Argentina contra a Cúpula do G20, aberta nesta sexta-feira, em rechaço às políticas que promovem os líderes das nações mais industrializadas.

Das manifestações participam as Mães da Praça de Maio Linha Fundadora e personalidades como o Prêmio Nobel da Paz Adolfo Pérez Esquivel. O secretário-geral da Associação de Trabalhadores do Estado em Buenos Aires, Daniel Catalano, disse que o G20 representa a entrega da soberania e do patrimônio.

Por sua vez, o Sindicato Unificado dos Trabalhadores da Educação na capital denunciou que na Cúpula não serão abordados problemas como a migração, as políticas de austeridade ou de ajuste, a pobreza nem as alternativas para melhorar o padrão de vida da população.

 

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up