ONU reitera apoio a países africanos atingidos pelo ciclone Idai

Havana, 27 de março (RHC).- O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, reiterou o apoio aos países africanos atingidos pelo ciclone Idai, que ocasionou uma das piores catástrofes humanitárias relacionadas com o clima nesse continente.

Guterres explicou detalhes da ajuda concedida a Moçambique, Zimbawe e Malawi para cobrir necessidades urgentes. Disse que estão confirmadas 700 mortes, porém, há milhares de pessoas desaparecidas. Estima-se que três milhões de cidadãos desses países foram danificados pelo ciclone, entre eles um milhão de crianças que precisam de ajuda urgente.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up