Controladoria da Venezuela inabilita o deputado opositor Juan Guaidó

Havana, 29 março (RHC).- A Controladoria Geral da República da Venezuela anunciou a inabilitação política do deputado opositor Juan Guaidó para ocupar cargos públicos por um período de 15 anos, devido a irregularidades em seu patrimônio.

O controlador geral Elvis Amoroso falou para a imprensa que o presidente da Assembleia Nacional em desacato por sentença do Supremo Tribunal de Justiça usurpou funções e cometeu atos com governos estrangeiros em prejuízo do povo da Venezuela e seus bens públicos.

Guaidó realizou mais de 90 viagens ao exterior por um custo superior aos 300 milhões de bolívares, mais de 90 mil dólares, e não existem registros dos recursos utilizados para tais fins.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up