Denunciam na Venezuela que oposição recebe dinheiro do tráfico de drogas

Havana, 20 de junho (RHC).- Diosdado Cabello, presidente da Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela, denunciou que empresários ligados à oposição receberam dinheiro procedente do tráfico de drogas para financiar a intentona golpista de 30 de abril passado.

No seu programa de televisão “Con el mazo dando”, Cabello afirmou que por causa disso os EUA mantêm distância do que ocorreu, porque descobriu que a oposição se apoiou nesses homens de negócios sujos para financiar a ação fracassada. E sublinhou que quem respaldar ou impulsionar uma agressão militar contra o país será considerado traidor, porque nenhum cidadão pode deixar de defender a pátria.

Por sua vez, a Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, prosseguiu sua visita à Venezuela, considerada pelo governo uma oportunidade para reforçar a colaboração entre ambas as partes. Ontem, reuniu-se com o chanceler Jorge Arreaza, que explicou os prejuízos ocasionados pelo bloqueio econômico imposto pelos EUA.

Aliás, no portal da Chancelaria, Arreaza frisou que as agressões dos últimos meses contra a democracia e a paz social na Venezuela não têm precedentes nas tensas relações dos EUA com a América Latina. O ministro das Relações Exteriores disse que a guerra não convencional da direita e seus aliados é uma expressão da complexa pugna histórica na região.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up