Presidente da Venezuela reitera disposição ao diálogo com a oposição

Havana, 29 de agosto (RHC).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, reiterou a disposição do governo ao diálogo com a oposição sob os auspícios da Noruega. As conversações foram interrompidas em rechaço à intensificação da política hostil dos EUA contra essa nação.

Por sua vez, a Rússia chamou a comunidade internacional a condenar a ameaça do governo norte-americano de impor um bloqueio naval à Venezuela. Disse que essa postura contradiz o direito internacional e tem um impacto negativo na vida dos cidadãos.

Maria Zajarova, porta-voz da Chancelaria, declarou aos jornalistas que Washington mostra assim sua indiferença ante os problemas das pessoas, e lembrou a falida política de bloqueio a Cuba durante quase 60 anos. Denunciou que o propósito é asfixiar a economia do país para promover uma desestabilização política e social.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up