Presidente da Venezuela denuncia novos planos violentos de grupos opositores

Havana, 17 de outubro (RHC).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou que nos próximos dias apresentará provas sobre novos planos de desestabilização concebidos por grupos opositores para novembro.

Maduro afirmou que os organizadores e promotores dessas ações serão colocados a disposição da justiça, e garantiu que serão tomadas as medidas necessárias para preservar a paz nessa nação. Entre 2014 e 2017, a Venezuela foi palco de protestos violentos conhecidos como “guarimbas”, incentivados principalmente pelos EUA com o propósito de derrubar o governo e cercear a Revolução Bolivariana.

Em Caracas, o governo e segmentos da oposição instalaram a Mesa Complementar Eleitoral, resultado do acordo entre ambas as partes. Jorge Rodríguez, vice-presidente para Comunicação, Cultura e Turismo, anunciou a formação imediata do Conselho Nacional Eleitoral, que assumirá os próximos pleitos na Venezuela. A Mesa Nacional de Diálogo foi instaurada há um mês em busca de consolidar a paz.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up