Ex-presidente brasileiro Lula exige liberdade plena

Havana, 19 de outubro (RHC).- A defesa do ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde abril de 2018, rechaçou oficialmente o regime semiaberto ao qual tem direito e solicitou sua liberdade plena.

O advogado Cristiano Zanin Martins reuniu-se com Lula na sexta-feira na sede da Polícia Federal em Curitiba, onde está confinado desde então. Disse que o ex-mandatário não aceita o pedido do Ministério Público para a progressão da pena porque quer sua liberdade total e o reconhecimento de que não cometeu nenhum delito.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up