Polícia chilena reprime novas manifestações

Havana, 1º de novembro (RHC).- A polícia chilena reprimiu com gases lacrimogêneos e jatos d'água novas manifestações pacíficas em Santiago, a capital, contra as políticas neoliberais do governo do presidente Sebastián Piñera.

Os protestos decorreram em meio à paralisação nacional convocada por organizações sindicais, estudantis e docentes.

Nesse contexto, a Procuradoria do Chile revelou que o número de mortes confirmadas durante os distúrbios dos últimos dias subiu para 23. Organizações defensoras dos direitos humanos apontam para mais de 1.300 feridos.

 

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up