Presidente da Bolívia afirma que ignorar resultado das eleições significa golpe de Estado

Havana, 1º de novembro (RHC).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, afirmou que o chamamento da oposição para ignorar o resultado das recentes eleições no país significa uma tentativa de golpe de Estado, e garantiu que essa manobra fracassará.

Em declarações aos jornalistas, Evo sublinhou que com essa postura a oposição viola a Constituição, ao não aceitar a derrota e incitar à violência. Ressaltou que na Carta Magna não há nenhum item que estabeleça a anulação da votação, e chamou os opositores a respeitarem seu conteúdo e a buscarem propostas viáveis nesse marco.

Evo Morales, candidato presidencial pelo MAS – Movimento ao Socialismo, ganhou no primeiro turno novo mandato com mais de 47% dos votos e 10% de vantagem sobre seu rival mais próximo, o ex-chefe de Estado Carlos Mesa, da Comunidade Cidadã.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up