Continuam protestos no Chile

Havana, dois de novembro (RHC).- As manifestações iniciadas no Chile há duas semanas continuaram na sexta-feira em várias cidades. Cerca de mil mulheres vestidas de preto fizeram uma passeata em silêncio por avenidas da capital até chegar ao Palácio de La Moneda, sede do governo, portando cartazes com as principais reivindicações.

Estes são os maiores protestos de rua no Chile nos últimos 30 anos. Dados fornecidos pelo Instituto Nacional de Direitos Humanos indicam que até agora houve cerca de 20 mortos e mais de 1.300 feridos, vítimas da repressão policial.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up