Polícia chilena reprime manifestação de educadoras de creches

Havana, 25 de dezembro (RHC).- A polícia chilena reprimiu uma manifestação de educadoras de creches filiadas à Fundação Integra. Elas tratavam de se aproximar do Palácio de la Moneda, sede da Presidência, na capital.

O grupo protestava contra a redução de seus direitos, como a suspensão do pagamento do bônus de Natal e fim de ano, restrição de férias e outros.

Ontem, o diretor do Instituto Nacional de Direitos Humanos, Sergio Micco, apresentou relatório sobre as violações dessas prerrogativas no Chile ao longo de 2019. Revelou que desde janeiro passado a entidade iniciou 476 processos por torturas e tratamento cruel, desumano e degradante por parte de agentes do Estado.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up