Premiê da Austrália admite eventuais erros no controle dos incêndios

Havana, 13 de janeiro (RHC).- O primeiro-ministro da Austrália, Scott Morrison, admitiu eventuais erros nas ações de controle dos incêndios florestais.

As chamas, que começaram há três meses, já consumiram cerca de oito milhões de hectares de vegetação, mataram 28 pessoas, destruíram mais de 2.000 casas e atingiram um bilhão de animais selvagens, entre eles coalas e cangurus.

“Têm coisas que poderiam ter sido manejadas muito melhor”, afirmou em entrevista na televisão. O prêmio tem sido alvo de críticas por defender indústrias poluentes como a do carvão e não querer reconhecer a relação das mudanças climáticas com o agravamento dos incêndios florestais na Austrália. Agora, disse que “é preciso fazer uma investigação” sobre a resposta dada no país a essa questão.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up