Detido na Venezuela familiar do opositor Juan Guaidó por porte de explosivos

Havana, 13 de fevereiro (RHC).- O presidente da Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela, Diosdado Cabello, confirmou que um familiar do opositor Juan Guaidó foi detido por porte de substâncias explosivas ao retornar ao país via aérea.

Disse que presumivelmente se tratava de C4, detectado dentro de lanternas tácteis. Também levava ao desembarcar um colete antibalas sem declarar, violando as normas da aeronáutica civil. No celular aparecem provas de contatos com um funcionário dos serviços secretos dos EUA, afirmou Cabello.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up