México exige da OEA explicações sobre informe que propiciou golpe de Estado na Bolívia

Havana, 7 de março (RHC).- O governo mexicano exigiu do secretário-geral da OEA – Organização de Estados Americanos, Luis Almagro, explicações sobre o informe em torno das eleições do ano passado na Bolívia, cujo conteúdo propiciou o golpe de Estado contra o então presidente Evo Morales.

O chanceler Marcelo Ebrard disse que essa organização é muito mais grande que seu secretário-geral, ao falar sobre o fato de três investigações posteriores terem descartado uma suposta fraude na contagem dos votos, entre elas um relatório do Instituto Tecnológico de Massachusetts, dos EUA.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up