Presidente da Venezuela denuncia planos violentos contra essa nação

Havana, 27 de março (RHC).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, denunciou os planos violentos contra essa nação preparados na Colômbia em conluio com os EUA.

No Twitter, Maduro garantiu que defenderá a Revolução Bolivariana, a paz e a estabilidade do povo venezuelano a qualquer preço. Reiterou a ordem dada às unidades militares para manter uma vigilância permanente e barrar todo intento de desestabilização do país em meio à emergência sanitária pela propagação da Covid-19.

O Procurador Geral da Venezuela, Tarek William, informou que o Ministério Público abriu uma investigação contra o opositor Juan Guiadó por seu suposto envolvimento em novos planos de desestabilização do país. No Twitter, indicou que avança o processo ligado às declarações do ex-militar venezuelano Cliver Alcalá, que manifestou publicamente sua intenção de gerar violência com a cooperação de Guaidó e de assessores dos EUA.

O Procurador Geral explicou que Alcalá tencionava organizar pelo menos três acampamentos na Colômbia com o apoio das autoridades desse país para treinar grupos de assalto, dentro dos planos subversivos.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up